Avançar para o conteúdo principal

Ninho em construção

Um sonho, muita motivação e um prazo definido. Foi esta a base para uma renovação feita por estes pais recentes, com a ajuda de amigos. Em conjunto, transformaram o seu T0 numa casa de família acolhedora, mesmo a tempo da chegada do bebé. O resultado está à vista:

Passo 1: Planificar

Queriam uma casa confortável e acolhedora, mas não sabiam como pôr essa ideia em prática. Por isso, começaram a reunir amostras de cores e texturas de que gostavam, o que os ajudou a definir um estilo, caracterizado por tons terra fortes e materiais naturais.

Passo 2: Decorar

Muitos dos móveis vieram da casa anterior. Essencialmente, o que fizeram foi acrescentar alguns elementos de decoração e acessórios, e ainda alguns artigos para tornar o espaço mais flexível. É o caso das mesas de centro, por exemplo. Se o bebé precisar de espaço para brincar, é só pegar nelas e afastá-las.

Passo 3: Improvisar

Cozinha nova? Não é bem isso. Com os elementos de base já presentes, bastou a este casal fazer umas trocas e acrescentar mais arrumação. Nem parece o mesmo espaço. É impressionante, o que se consegue fazer quando aproveitamos o que já temos.

Estão espalhados por toda a casa materiais como o bambu, a rota, as algas e o linho. São naturais, renováveis e dão a este apartamento um estilo autêntico e terra a terra.

Passo 4: Definir prioridades

Viver num espaço pequeno ensinou a esta jovem família uma grande lição: para aquilo que é realmente importante, arranja-se sempre espaço. É o caso da mesa de refeição. Oito lugares pareceu-lhes imenso, mas com visitas regulares de amigos e família, deu muito jeito.

Passo 5: Pensar a longo prazo

O facto de o apartamento ter apenas um quarto foi um desafio. Era preciso criar espaços confortáveis para dormir tanto para os pais, como para o bebé que estava para chegar. Dividindo o quarto com um cortinado, consegue-se criar a sensação de ter uma espécie de berçário separado, mas que permite estar próximo do bebé.