Avançar para o conteúdo principal

Adaptar uma casa pequena ao crescimento da família

“Quando a família cresce mas a casa não, algumas soluções flexíveis e uma organização funcional podem ajudar a satisfazer as suas necessidades individuais, ao mesmo tempo que o espaço é dividido”, observa Emilia Ljungberg, designer de interiores na IKEA, que criou esta casa modelo, personalizada para estar à altura de uma típica família em crescimento.

Sofá de canto em azul com almofadas coloridas, duas mesas de centro redondas e um tapete às riscas.
Sofá de canto em azul com almofadas coloridas, duas mesas de centro redondas e um tapete às riscas.

Casa pequena, família grande

“Na criação deste apartamento de uma família de sete pessoas, inspirámo-nos na tendência do crescente urbanismo”, diz Emilia. “Hoje em dia, muitas pessoas escolhem ou têm de permanecer na mesma casa quando a família aumenta. Em termos de privacidade, isto representa dois desafios: como maximizar o tempo de qualidade juntos dentro de casa e como cada pessoa pode controlar onde e como se pode desligar e sossegar.” 

A sala também serve de quarto para os pais. Um sofá-cama confortável com arrumação, uma mesa de apoio com rodízios e uma iluminação aconchegante facilitam a transição do dia para a noite.

Emilia Ljungberg, designer de interiores na IKEA

Transformar o hall de entrada num closet com arrumação individual e pormenores com código de cores liberta a pressão sobre os quartos e casas de banho como os únicos sítios para cada um se preparar.

Emilia Ljungberg, designer de interiores na IKEA

Com uma mesa de refeições extensível, o local de refeições da família pode transformar-se num espaço de trabalho para as crianças, ou numa zona de convívio para os pais receberem os amigos.

Emilia Ljungberg, designer de interiores na IKEA

Companheiros de beliche

“Um dos quartos é partilhado pelos três filhos mais novos, dois dos quais partilham um beliche para aproveitar ao máximo o espaço disponível. Os detalhes individuais, como terem zonas de cores diferentes e os seus próprios módulos de arrumação e iluminação, significam que cada um deles mantém o seu próprio espaço para ler, descansar e sonhar”, diz Emilia.

Zona de adolescentes com a privacidade de que precisam

“A filha mais velha precisa de tempo e espaço para estar sozinha, longe dos irmãos mais novos – um cortinado que pode fechar para ter mais privacidade ajuda a criar um quarto dentro do quarto. A iluminação regulável também lhe permite controlar e alterar o ambiente.”

Espaço de trabalho e auto-expressão

“À medida que crescem, as crianças necessitam de liberdade para explorar a sua independência e identidade. A conjugação do espaço de trabalho com toucador no quarto proporciona um espaço para estudar para os exames e dar largas à auto-expressão”.

Uma casa de banho para a família partilhar

“Numa casa de família movimentada, a única casa de banho é muito requisitada. Um lavatório duplo facilita a partilha do espaço na azáfama matinal, enquanto o armário com espelho e as gavetas grandes permitem que cada um tenha um sítio para guardar os seus artigos de higiene, e o espaço mantém-se arrumado.”

Arrumação que poupa espaço

“A arrumação e os acessórios pendurados na parede poupam espaço valioso na casa de banho e são fáceis de alcançar sempre que necessário. Além disso, se a mãe ou o pai quiserem descontrair tomando um banho, podem facilmente retirar as coisas para criar um ambiente mais tranquilizante.”

Uma disposição a pensar na família

Esta casa coloca o tempo em família em primeiro lugar, de todas as formas possíveis. “Por exemplo, um sofá-cama duplo na sala cria um espaço para a família toda se recostar”, lembra Emilia. “E no quarto das crianças mais novas, as camas foram colocadas costas com costas para libertar espaço no meio do quarto para a brincadeira.”

Adoramos quando os nossos clientes dão asas à imaginação com os nossos produtos. Por isso, força! No entanto, lembre-se de que a alteração ou a modificação de produtos IKEA de forma a que estes já não possam ser revendidos ou utilizados para a sua finalidade original significa que perderá as garantias comerciais da IKEA e o seu direito de devolução dos produtos.

Realizado por
Designer de interiores: Emilia Ljungberg