Avançar para o conteúdo principal

Como a IKEA Foundation apoia o direito a brincar

A IKEA Foundation coloca o direito de todas as crianças a brincar no coração da sua campanha de Boas Causas, “Vamos brincar para a mudança”. Dia 20 de novembro é o Dia Universal da Criança. Descubra como a parceria com seis organizações proeminentes a nível mundial está a fazer a diferença em todo o mundo.

Grupo de rapazes e raparigas a rir e a sorrir
Grupo de rapazes e raparigas a rir e a sorrir
Fotografia de Chris Williams.

A nossa missão

“Por vários motivos, nem todas as crianças estão a desfrutar do seu direito a brincar. Queremos mudar isso,” diz Chris Williams, responsável de comunicação da IKEA Foundation. “Com o apoio dos nossos parceiros, queremos criar ambientes seguros onde as crianças possam usufruir desse direito." Isso inclui apoiar algumas das comunidades mais pobres do mundo, financiando programas holísticos de longo prazo. Saiba mais em ikeafoundation.org

Grupo de raparigas com vestidos verdes, a saltar à corda no exterior
Utilizamos brincadeiras inclusivas e métodos baseados em artes para criar um sentido de coesão e de pertença dentro das comunidades, assim como para ajudar as crianças mais desfavorecidas a aprender, a crescer e a desenvolver-se.

Cheryl Shin-Hua Yeam, coordenadora técnica regional da Handicap International

Criança sorridente numa secretária azul
Graças à Campanha Vamos brincar para a mudança, conseguimos chegar a ainda mais crianças com programas de cuidados de saúde e ajudá-las a crescer em ambientes enriquecedores.

Pia Rebello Britto, responsável pela área de desenvolvimento para a primeira infância na Unicef

Menina a escolher um livro numa biblioteca colorida
A Room to Read combina a ciência de aprender a ler com a magia do amor à leitura, desenvolvendo uma geração de leitores independentes, que estão a quebrar o ciclo da iliteracia.

Dr Geetha Murali, CEO da Room to Read

Fotografia de um rapaz sorridente com uma T-shirt vermelha
Quer seja um terramoto, um tufão ou um conflito armado, as crianças necessitam de proteção e de apoio. Passamos o conhecimento aos colaboradores de ajuda locais que depois atuam para salvar vidas.

Joan Marie Del Mundo, coordenadora de informação e comunicações na Save the Children Filipinas

Fotografia de um rapaz a fazer o símbolo da paz com os dedos
O nosso programa abriu portas que antes estavam fechadas a crianças com incapacidades intelectuais, levando o nosso programa de desporto e brincadeira a mais de 10.000 comunidades em quatro países.

Rebecca Ralston, diretora, Jovens Atletas na Special Olympics

Círculo de crianças unindo as suas mãos no centro
Através desta parceria, 18.000 crianças vulneráveis sírias e locais na Jordânia e no Líbano poderão brincar, reivindicar a sua infância e reconstruir o seu futuro.

Tjipke Bergsma, CEO na War Child Holanda

IKEA Foundation logo.
Save the Children logo.
Special Olympics logo.
Unicef logo.
Handicap International logo.
War Child logo.
Room to Read logo.